Buscar
  • Vanessa Martini

Ajudar em algumas tarefas contribui para o desenvolvimento de responsabilidade nas crianças.

Guardar os brinquedos, arrumar a mochila, ajudar a tirar o lixo. Podem não parecer tarefas para uma criança. Mas são! Mesmo com pouca idade, a criança já tem capacidade motora suficiente para desempenhar uma série de atividades e ajudar os pais nessa empreitada. Tais ações contribuem para a criação de noções de responsabilidade, já que ao ajudar nas tarefas passam a participar da dinâmica familiar e percebe como as atividades feitas pelos pais são difíceis, valorizando mais esses momentos.


A psicóloga da BBDU Denise Nascimento preparou uma lista sobre a melhor época para seu filho começar a desempenhar cada atividade:


2 anos Comece por aquilo que está mais inserido na rotina das crianças, como por exemplo guardar os brinquedos. Esse também pode ser um momento de diversão se você incentivar que a arrumação seja feita separando os objetos por cores ou tamanhos. Outras atividades podem ser guardar os livros na estante (ou caixa), levar sua roupa suja para o cesto de lavar.


3 e 4 anos Nessa idade você pode pedir auxílio para arrumar a mochila da escola, dar ração ao pet ou levar seus pratos até a pia para serem lavados. Você também pode pedir ajuda para organizar alguns objetos da casa, como por exemplo guardando roupas e sapatos no lugar correto.


5 a 7 anos A criança já começa a entender melhor as noções de responsabilidade e cuidado. É a partir dessa fase você poderá incluir atividades como o lixo do banheiro, regar as plantas ou ajudar a varrer o chão.


8 anos Nesta idade seu filho já tem mais habilidades motoras e é capaz de desempenhar algumas funções maiores sem cometer acidentes (como derrubar ou quebrar objetos). Ele consegue ajudar a arrumar a mesa para as refeições, a carregar as compras do supermercado e a limpar o seu próprio quarto. Da mesma forma com que acontece com a planta, a criança pode ajudar a cuidar de um animal de estimação. Com mais alguns anos, pode até ajudar a cuidar de um irmão mais novo.


Texto por Vanessa Martini, jornalista, mãe do Theo e do Thomaz, colunista do Caderno Donna e autora do blog www.maezinhavaicomasoutras.com.br.


Para conhecer mais o trabalho da Vanessa, é só acessar o Instragram @vanessamartini

8 visualizações0 comentário