Buscar
  • Cristiane Hammes

Memória na gravidez e pós parto.



É comum ver grávidas e mães no pós parto reclamarem que esqueceram alguma coisa ou se sentem mais lentas. O fenômeno, chamado em inglês de “baby brain”, algo como “cérebro de bebê”, já foi questionado pela ciência, e alguns estudos foram feitos para explicar o fenômeno.


SIM!! TEM EXPLICAÇÃO. Não é só com você!


A Universidade de Barcelona em parceria com a Leiden University, da Holanda, publicaram na revista Nature Neuroscience (2016) um artigo muito interessante! Eles fizeram ressonância magnética no cérebro de mulheres antes, durante e dois anos após a primeira gravidez. A análise sugere uma redução significativa de massa cinzenta nos cérebros das gestantes.


Segundo os pesquisadores, as transformações trariam vantagens às novas mães como ajuda para identificar as necessidades do bebê, ficar mais atenta a potenciais ameaças sociais e fazer mais vínculo afetivo com o filho. Eles especulam que o volume de reduções (de massa cinzenta) observado na gravidez representa um processo de especialização para a futura mamãe! Uma espécie de adaptação para a maternidade! É como se o cérebro tivesse amadurecido para a nova etapa da vida. Estas mudanças não ocorrem no cérebro dos homens e das mulheres que nunca engravidaram!


Os resultados sugerem que algo sobre a maternidade ajude a proteger o cérebro da mãe à medida que envelhece!


Vale ressaltar, ainda, que o impacto é leve e não necessariamente sentido por todas as mulheres


No final das contas, tira de um lado, compensa de outro. As mudanças teriam como objetivo melhorar as capacidades de proteção e relacionamento da mãe com o bebê.


Por Cristiane Hammes, psicóloga de grávidas e mães.


Para conhecer mais o trabalho da Cristiane, é só acessar o Instagram @maternopsico


15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo