Buscar
  • Charine Aldrighi

O entrelace do lar e o desenvolvimento infantil.

Você já parou para pensar sobre a diferença de uma casa e um lar?


Casa é o espaço físico, a construção, o material, o tangível. Lar é quando esse espaço físico é preenchido por sensações, sentimentos, histórias, acervo pessoal, estilo de vida, local que transformamos algo geralmente frio e sem vida em um espaço com significado, com a alma de quem mora! Assim, o lar, quando ocupa tal denominação, pode ser entendido como o intangível, algo que transparece as nossas mais íntimas características pessoais.


Enquanto crianças, muitos acontecimentos que ocorrem dentro dos lares ficam armazenados em nossas memórias, sejam boas, ruins, momentos distintos e enriquecedores. Além disso, a sensação de como este ambiente vem a sua memória relembra sentimentos distintos, sejam positivos ou negativos. Ao relembrar, presencie, sinta, entenda o que esse ambiente transmite a você e perceba o impacto que possui na sua vida hoje. Por vezes, as mais simples vivências podem alterar nosso comportamento.


O que quero lhe mostrar com isto, a partir de uma visão de arquiteta: o que realmente importa no lar é enxergarmos e identificarmos a nós mesmos, como nos colocamos no ambiente em que vivemos. Nessa reflexão sobre o lar, quero ressaltar tudo que fomos, somos e seremos ou sonhamos. E qual a importância dessa reflexão para a relevância do lar no desenvolvimento infantil?


É em um lar que o desempenho familiar deve oferecer tranquilidade e apoio a criança, é a simples presença da atenção e do amor dos pais que conseguimos transformar a vida e o desenvolvimento de uma criança. Antecipo desde já que o amor é demonstrado também com limites, inclusive a partir de delimitações de espaços dentro do lar (a criança percebe a autoridade quando conseguimos demostrar segurança, orientação - certo e errado- cuidado e carinho que sentem com ela).


Muitos pais se cobram por não possuir tempo de qualidade com seus filhos, anseiam pelo final de semana, férias ou uma folga de seu trabalho para conseguir dar atenção aos seus filhos como gostariam. A grande questão, e que não é percebido, é a importância de sua presença e demonstração de amor que ocorre em instantes inesperados e não planejados – exemplos: enquanto arrumamos o café da manhã ou jantar, enquanto preparamos o banho e as vestes, auxiliando na realização das tarefas escolares (sobretudo nesse período de educação essencialmente a distância, em razão da pandemia enfrentada), durante o percurso da escola, dentre diversos outros. Por mais que vivamos em um mundo apressado, com tempo cronometrado, devemos prestar atenção que são nestes pequenos momentos que ocorre a proximidade com os filhos.


Momentos que são guardados com carinho na lembrança, surgem nos intervalos que menos se espera. Lembre-se, tais momentos não podem ser organizados e planejados. Contudo, está sim ao nosso alcance transformar este ambiente de convivência em um espaço acolhedor, aconchegante, com sutileza e sensibilidade ao demostrar com simples gestos o que realmente importa à criança. Posso pontuar vários detalhes na decoração que poderá beneficiar neste lar, como quadros e porta-retratos registrando momentos incríveis que a família vivenciou, um espaço no qual a criança possa ter autonomia, inclusive mediante o respeito de seu tamanho para utilização do espaço, seja no seu dormitório, varanda, uma área de brinquedos, o importante é que ela possa fazer o que desejar, ser ela! Procurar, testar, brincar, errar, aprender, conhecer e demostrar o que realmente ela gosta de fazer. Muitas vezes limitamos nossas crianças pois tentamos evitar trabalhos, já que nossa rotina é por vezes exaustiva. Mas não esqueça, a criança está em desenvolvimento, e, sem ter o conhecimento das diferentes possibilidades que ela pode se conectar em um espaço, ela poderá ser uma criança que não é instigada e não tem curiosidade por novos descobrimentos.


Além disso, crie espaços com que a família possa se reunir, conversar, brincar. Enquanto organiza a casa, limpa ou até mesmo aprecia, deixe seu filho estar presente com você, a sua presença/atenção no espaço físico é o que mais importa para ele e não o que realmente está fazendo. Outro detalhe, crie um cantinho no qual a criança possa guardar e deixar a mostra os objetos que importam para ela, muitas apreciam mostrar a visitas e amigos objetos que apreciam e tenham significado especial!


E algo bem interessante e que as crianças gostam muito, façam elas interagirem e demostrarem seus sentimentos do que gostam, do que não gostam ou o que gostariam de ter na sua casa, incentive ele a demostrar o que importa para seu bem-estar. Não esqueça, a atmosfera do lar é feita por quem mora nele.


Atento a você, quando se tem muitos estímulos, a atenção não consegue filtrar o que deve ou não ser armazenado na memória, e isto serve para a forma como você comporta-se diante de seus filhos, exemplos gerados no ambiente, o que há neste ambiente que ela vive diariamente e como a criança está envolvida/atarefada, exemplo: exposição de televisões e eletrônicos, aos quais muitas vezes não prestamos cuidados no que nossos filhos estão sendo ensinados.


Preciso ressaltar para você perceber que a importância do seu lar para seu filho irá depender de você! Vai muito além da estética, do quarto planejado, do brinquedo divertido, do celular tecnológico. A criança percebe quando suas necessidades básicas estão sendo atendidas, quando ela está sendo olhada, quando ela se sente muito segura, podendo dizer “o mundo se importa comigo”.


Torne o lar um espaço seguro para seu filho, um espaço que ele possa ser compreendido, acolhido e autêntico. Todos nós somos distintos, todos nós temos nossas qualidades e defeitos, todos nós queremos ter um espaço que podemos viver ou recarregar nossas energias do mundo afora. E é precisamente para isto que o lar serve. Torne-o o refúgio da sua família, com leveza, clareza e repleto de significados de quem mora nele.



Por Charine Aldrighi, arquiteta e graduanda em Psicologia.


Para conhecer mais o trabalho da Charine, é só acessar o Instagram @arq.charinealdrighi


38 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo